6 motivos para investir no mercado de vídeos em 2016