10 dicas para uma live de sucesso

59 Compartilhamentos

Nos últimos dias participei de um encontro online de arte e cultura regional maravilhoso. Era meu primeiro como palestrante e eu amei cada segundo! Foram dois dias de apresentações, exposições, palestras e mesas redondas com artistas incríveis. A programação aconteceu por transmissão ao vivo e olha: foi de tirar o chapéu. Como não sou boba, falei com minha amiga Cláudia Mota, que estava na organização, pra me dar umas dicas de live também. E é claro que eu vim compartilhar com você! Se prepara, porque com certeza elas vão te ajudar muito nas suas transmissões. Bora lá?!

Bom, conheci a Cláudia há uns 10 anos em um festival de música indie que ela estava produzindo. Na época ninguém nem pensava em fazer eventos online e hoje ela tem uma empresa especializada nesse formato. Então as dicas são de quem realmente entende do assunto, viu? Para ficar mais fácil, vamos fazer do jeito que minha amiga me explicou: pensando no antes, durante e depois da live.

1 – Defina o assunto central

Apesar de parecer óbvio, a Cláudia me contou que é muito comum as pessoas fazerem lives sem nem pensarem direito em um tema. Mesmo quando o foco for um bate-papo informal com seus seguidores das redes sociais, é essencial ter um direcionamento.

Imagine que você foi convidado para um evento online. Reserva o horário na sua agenda, faz sua inscrição e se organiza para participar. No dia e horário definido você entra na plataforma cheio de expectativas, mas na hora você é recebido de qualquer jeito. Seria um banho de água fria, né? Isso é muito comum em transmissões realizadas sem um propósito. E a ideia que passa é que quem está fazendo a live não tem tanto apreço pela audiência.

Então quando for fazer um evento online, você precisa de cara definir seu foco principal. É a partir desse ponto que decidimos a duração, roteiro e local da transmissão. Se o interlocutor for outra pessoa, ter o assunto central bem claro vai te ajudar a pensar em alguém mais indicado. No meu caso, assim que escolho meu tema, já aproveito para estudar o máximo antes das minhas lives.

2 – Pense no público-alvo

Mesmo nas transmissões em redes sociais, nem todo mundo que aparece nas lives são as que a gente quer atingir, né? Eu já tinha uma noção geral disso, mas ter em mente quem desejamos alcançar faz toda a diferença. Depois que aprendi isso, comecei a reparar que tem muitas empresas que se perdem no público-alvo.

Um site de esculturas regionais colaborativas que eu acompanho me convidou para uma palestra online sobre o futuro da arte nordestina. Desisti de acompanhar poucos minutos depois do evento ter começado. Estavam discutindo a implantação de uma lei de incentivo cultural em Mossoró-RN, que é um tema direcionado para os artistas de região.

Provavelmente, a organização do evento divulgou a palestra para sua base toda contatos de e-mail. Então muita gente que fez a inscrição não tinha interesse no assunto. Muita gente abandonou a transmissão logo nos primeiro minutos, deixando clima bem desconfortável. Então na hora de planejar sua live, atenção ao público-alvo é crucial. É aquela situação: quem tenta falar com todo mundo acaba não interagindo direito com ninguém.  

3 – Envolva o público na produção

O público também é importante na hora de planejar a transmissão. Uma estratégia que a Cláudia sempre usa é envolver as pessoas durante a organização do evento. Ela disse que pedir sugestões de temas, palestrantes e horário da live ajuda criar uma expectativa. Além disso, é uma forma de você fazer uma transmissão atraente para o público-alvo, já que ele também decidiu sobre as características do evento.

Outra dica que ela me deu é fazer enquetes e quizzes valendo ingressos, brindes e acesso vip. Essas são ótimas oportunidades de você investir em um contato mais próximo e humanizado. Algo que a gente precisa ter sempre em mente é que as pessoas se envolvem com aquilo que elas se identificam mais. Você já tinha pensado nessas ações? Agora que eu descobri, vou fazer sempre!

4 – Faça uma boa divulgação

Quando vamos fazer uma transmissão ao vivo, a gente sempre fica na expectativa de quantas pessoas que vão aparecer. Mas sabe aquelas lives que você entra e não tem quase ninguém? Eu descobri que uma das principais causas é a falta de uma boa divulgação. Isso acontece quando fazemos um evento em cima da hora ou falta uma boa estratégia de marketing.

Muitas empresas divulgam seus eventos online nas suas redes sociais. Mas você precisa pensar também em como essa comunicação vai atingir melhor o público da sua live. Hoje em dia, todo mundo usa essas plataformas, então a concorrência por atenção é bem grande. Além de planejar a transmissão com antecedência, eu sempre envolvo uma agência de publicidade na divulgação. Já que não sou muito experiente em marketing, foi uma saída que deu muito certo pra mim.

5 – Ensaie e faça testes

Esse aqui foi o ponto que a Cláudia mais me pediu para dar atenção: conferir tudo antes da live começar para evitar problemas. O que ela me contou é que muitas falhas de transmissão e gafes durante as falas acontecem porque as pessoas não tomam esse cuidado. Isso eu já vivi na pele, viu?

Fui chamada para ministrar uma palestra online na faculdade que me formei. Estava super animada em retornar e poder falar sobre as minhas vivências.  O problema é que não deu tempo de testar a transmissão, então quando começou foi aquele desespero. A qualidade do vídeo ficou o tempo todo instável. Eu não sabia se a minha internet estava ruim ou o problema era na plataforma. Continuei a palestra até o fim, mas a experiência não foi a que tinha imaginado.

Tenho certeza de que você já viu essa situação acontecer, né? Então quando for a sua vez de fazer um evento online sempre faça uma transmissão de teste. Além de garantir a estabilidade da live, é a hora de conferir também a qualidade do som, iluminação e ensaiar o roteiro.

Bom, se já estiver pensando na sua transmissão, fale comigo agora! Vou te ajudar a fazer uma live inesquecível!

6 – Interaja com a audiência

Do começo até o final a interação com o público é fundamental. Já participei de vários webinars que o palestrante não respondeu nem uma pergunta que fizeram. Quem dirá conversar com as pessoas, né?! Interagir com a audiência é o que vai deixar a transmissão amistosa, humanizada e manter o público interessado na live.

Uma dica é fazer perguntas simples para quem está assistindo e também abrir espaço para comentários. Você também pode usar recursos de gamificação, sorteios, enquetes e quizzes para manter as pessoas interagindo na transmissão. Já vi até desafios valendo prêmios para as melhores respostas. O importante é fazer sua transmissão ser atraente a ponto dos participantes não verem a hora passar. Um desafio, né? Mas é possível sim!

7 – Cuidado com a linguagem usada

Ainda pensando no público e na interação com ele, é bom ajustar a comunicação para uma linguagem mais adequada. Esse é mais um ponto que ter um roteiro favorece a transmissão. Pensar na forma de falar ajuda a nos expressarmos melhor durante a live e também evitar mal entendidos. A Cláudia me recomendou revisar o conteúdo várias vezes para ter certeza de que o assunto vai ser tratado do jeito certo.

É importante conferir também se o roteiro encaixa com o perfil do interlocutor da transmissão. Algumas vezes eu já precisei apresentar lives no lugar de outras pessoas, e tive que mudar muita coisa do roteiro programado. Então pessoalmente, recomendo você primeiro definir as pessoas que vão falar no evento para depois pensar a linguagem usada nele.

8 – Acompanhe a transmissão

Os memes envolvendo lives já se tornaram bastante comuns, principalmente por causa de falhas na transmissão. Mas não é legal quando acontece com a gente, né? Uma dica que minha amiga me deu é sempre ter alguém de suporte técnico acompanhando. Se eu tivesse esse cuidado antes, teria evitado muitas situações embaraçosas.

Quando temos um especialista monitorando a transmissão, você fica mais tranquilo durante o evento. Isso vai te ajudar a focar no conteúdo, interagir melhor com o público e aproveitar mais a experiência. Essa precaução pode evitar travamentos e instabilidade na transmissão, além de corrigir falhas durante a transmissão.

9 – Mantenha a live disponível

Por causa da correria do dia a dia eu já perdi vários eventos online que queria muito participar. Já aconteceu com você também, né? Mas uma coisa bacana que Cláudia me disse é que muita gente assiste as lives depois que elas já aconteceram. Então é importante deixar o conteúdo disponível para quem quiser ver depois. Só é preciso conferir antes se a plataforma de transmissão que for usar tem esse recurso.

Outra vantagem é poder acessar o conteúdo do seu evento online com facilidade e usar ele em outras situações. Por exemplo, você pode manter suas transmissões para mostrar como foram as edições anteriores de um evento. Tem algumas lives minhas que depois de um tempo recorto as melhores partes para usar nas redes sociais.

10 – Peça feedbacks

A opinião de quem participou da live é super importante. Elas valem pra melhorar nas próximas transmissões e avaliar pontos como a qualidade da iluminação, do áudio e também do conteúdo. O que acontece é que geralmente a gente não se dá conta de detalhes que só quem estava assistindo percebeu. Então, é sempre bom pedir esses feedbacks depois de qualquer live.

Isso vale tanto para o público quanto para as pessoas que te ajudaram a organizar a live. Por exemplo, alguém que estava responsável pela captação do áudio durante o evento, pode ter percebido um erro no roteiro que mais ninguém reparou. Então se você der atenção para o máximo de retorno das pessoas que viram a transmissão acontecer, ficará mais fácil ajustar o que for preciso.

Acredito que as dicas te ajudaram, né?! Sempre que eu estou pensando em fazer um evento online dou uma olhada nas orientações da Cláudia. E pode ter certeza que depois volto para trazer mais dicas pra você. Até mais!

1 Step 1

Nossa equipe está pronta para te ajudar!

A gente acredita que conversando vai ser muito mais fácil entender o seu projeto e oferecer as soluções que você precisa. 

Basta preencher os campos abaixo e em breve você vai receber o contato de um dos nossos especialistas. 


keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right